Thursday, 24 July 2008

lugares de partida e chegada...

Um tarde cheia de gente, e de viagens que recordei... Tive de ir ao aeroporto esperar um familiar... A viagem até lá não me encheu a alma, mas aquele espaço, desordenado mas pleno de gente que vai e vem, de abraços de chegada e partida, de rostos risonhos e lacrimejantes , de crianças meio ensonadas pela espera, de jovens de mochila e executivos muito bem entalados nos seus fatos e gravatas, apesar do calor dominante, fez-me viajar até momentos de partidas e chegadas já vividas. Partidas para destinos diferentes, por razões bem distintas, mais ou menos agradáveis. Chegadas marcadas pela ansiedade, pelo desejo de regressar, mas sobretudo uma chegada que deixou marcas bem profundas na minha confiança no ser humano. Curiosamente, não senti angústia pela recordação, pelo contrário foi algo do género "inda bem que não me esqueci para não voltar a cair no mesmo erro" que me subiu pelos neurónios bem mais desejosos de pegar em malas e partir do que em ficar ali revivendo situações menos confortáveis.
Gosto de aeroportos pela fantasia que me permitem,pelos destinos escritos nos placards que despertam sempre o meu espírito de nómada. Só por isso.

2 comments:

Kátia said...

Eu detesto despedidas.Tenho sempre a sensação que é para sempre...mas,gosto da movimentação peculiar de um aeroporto.Em breve estarei num...outra vez.
Beijo para ti com um desejo de um dia bem bom!
:)

nela said...

Um bom dia pra você e pelos vistos uma boa viagem... também me apetecia ir de viagem, por umas semanas. Beijinhos de mar,