Friday, 6 July 2007

dos meus cactos ...


Gosto de cactos. São plantas do deserto, cheias de picos que as protegem de mãos alheias mas que nos presenteiam com flores bem lindas, com cores expressivas, convidativas ao sonho.
As flores dos cactos emergem como pequenos paraísos no meio das agruras do mundo. É como se estivessem a lembrar-nos que também a vida, apesar dos espinhos ( mais ou menos frequentes, mais ou menos dolorosos) nos presenteia com momentos de felicidade. E esses momentos têm de ser bem guardados num cantinho de nós mesmos.
Estes cactos também crescem num canteirinho do meu jardim.

6 comments:

Kátia said...

Gosto muito de cactos.Por aqui tem muitos,pois a região os favorece.E sim,apesar dos espinhos,eles tem virtudes maravilhosas,como a capacidade de sobreviver longos períodos sem água,por armazenarem bastante.E essa magia dos cactos que falou é bem verdadeira,nos fazem lembrar que mesmo em meio a espinhos,há beleza e felicidade.Eu os tenho em casa,me fazem companhia.
Obrigada!

Eduardo Jai said...

Confesso que a mim não me fazem lembrar nada, fazer associações... Mas gosto, até porque existem em inúmeras formas e cores. E alguns são tão exóticos que são capazes de fazer parar um camelo no deserto mesmo que o semáforo verde esteja aberto :))

Estes são bonitos e fizeram-me lembrar um recanto do jardim que a minha avó materna tinha, long, looooong, looooooooong time ago. Ía para lá com os meus primos fazer todas as parvoíces que pudessemos inventar nesse dia e, quando nos cansávamos, mudávamos de recanto e... inventávamos outras. Bons tempos, agora que os recordei. Mas o dia de hoje também é bom. Até porque é o único que existe para apreciar. :)

Obrigado pelas fotos: são bonitas.

Eduardo Jai said...

Reparei agora que afinal sempre me fizeram lembrar alguma coisa e fazer associações. Para além de bonitos, devem ser ser mágicos... os cactos. :|

nela said...

Afinal, sempre houve associação... queiramos ou não, a vida é feita de sequências que deixam sempre algo em nós, mesmo que não estejamos muito conscientes disso... :)

nela said...

Afinal, sempre houve associação... queiramos ou não, a vida é feita de sequências que deixam sempre algo em nós, mesmo que não estejamos muito conscientes disso... :)

Gigio said...

ora, vejam, tb gosto de cactos pelos mesmos motivos.

quem quer moleza que vá criar violetas.

hehehe.

www.maobranca.bardoescritor.net